quarta-feira, 21 de agosto de 2013

A Carreira dos Anticristos




Um esboço em 1Jo 2.19

 Eles saíram de nosso meio; entretanto, não eram dos nossos; porque, se tivessem sido dos nossos, teriam permanecido conosco; todavia, eles se foram para que ficasse manifesto que nenhum deles é dos nossos.

 

Introdução. Anticristos “os que se opõe ao Ungido”. Jesus adverte que “quem não é por ele, está contra ele” (Mt 12.30).

Elucidação. O apóstolo João escreveu essa carta à igrejas da Ásia menor enfrentado pessoas que mereciam a alcunha de anticristos. Esses falsos mestres que todos os apóstolos enfrentaram, se oponham a verdadeira mensagem do evangelho e de Cristo.

 
I. Sobre A Origem Deles

A. Esses eram muito comuns nos dias dos apóstolos - Pessoas equivocadas ou mal intencionadas sempre foram muito comuns nos dias dos apóstolos.
(a) Havia aqueles que saíram do no meio dos cristãos judeus pervertendo os novos convertidos - At 15.
(b) Existiam alguns que se diziam apóstolos e mestres para disseminarem o erro - 2Co 11.13-14.
 
B. Pertenceram um dia a Igreja Visível - vemos algo extremamente chocante na Bíblia, do Antigo ao Novo Testamento, é mostrado que filiação externa ao “povo da aliança” não garante a salvação. Ex.:
(a) A mulher de Ló tornou-se uma estátua de sal, apesar de ser esposa de Ló.
(b) Deus amou Jacó e aborreceu Esaú. Este era profano!
(c) Os israelitas do Antigo Testamento amavam Deus com os lábios, mas os corações se encontravam distantes.
(d) Na parábola do joio e do trigo, o Sr. Jesus Cristo mostra que no meio do povo de Deus, o Inimigo semeia os seus.

 C. Nunca, realmente, foram igreja –  tal como a parábola do joio entre o trigo, assim é com esses a quem o apóstolo João se refere. O joio na sua faze inicial de crescimento parecesse trigo, porém com o tempo, não apenas se mostra distinto quanto daninho.
(a) Eles, um dia, podem ter tido alguma alegria, como na parábola da semente, mas não deram frutos – Mt 13.3
(b) Podem um dia ter operado milagres, mas nunca terem sido salvos.
(c) Podem até ter “conhecido” a verdade, mas não foram por ela convertidos, sendo isso provado pelo seu amor a mentira e ao erro.

 Aplicação. Vemos no exemplo dos anticristos um exemplo extremo de que fazer parte de uma igreja, professar uma fé, ter pertencido externamente a igreja não torna ninguém um eleito de Deus!

 II. Sobre a Apostasia Deles

 A. Há um propósito na apostasia – serve para revelar a verdadeira natureza deles – a apostasia é um fruto que mostra a qualidade da árvore. Mostra que os apostatas nunca, de fato, pertenceram ao Senhor, nem foram dos seus eleitos, nunca foram a noiva de Cristo.

 B. Um sinal dos tempos. Os anticristos servem como anuncio do final dos tempos, visto que essa categoria de inimigos da igreja procura se identificar com o Cristianismo; a sua proliferação é simultânea a apostasia da Igreja Visível.
(a) Apostatar “desviar” – essa é uma das marcas do final dos tempos, se desviar somente ocorre quando alguém, de alguma forma, segue um caminho, o mundo não se desvia – no sentido bíblico – , pois ele jaz no maligno.
(b) A proliferação de obras carnais servem para provar os fiéis - 1 Coríntios 11:19  Porque até mesmo importa que haja partidos entre vós, para que também os aprovados se tornem conhecidos em vosso meio.

 Aplicação. 2Pe 2.20 Portanto, se, depois de terem escapado das contaminações do mundo mediante o conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, se deixam enredar de novo e são vencidos, tornou-se o seu último estado pior que o primeiro. 21 Pois melhor lhes fora nunca tivessem conhecido o caminho da justiça do que, após conhecê-lo, volverem para trás, apartando-se do santo mandamento que lhes fora dado. 22  Com eles aconteceu o que diz certo adágio verdadeiro: O cão voltou ao seu próprio vômito; e: A porca lavada voltou a revolver-se no lamaçal.

Conclusão. A apostasia é um sinal do fim, ela atinge a igreja, ela esfria a igreja. Mt 24.10-13: “10 Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; 11  levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos. 12  E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor se esfriará de quase todos. 13  Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo”.

2 comentários:

Vanessa S. da Silva disse...

Boa noite, muito boa esta sua postagem sobre o Anticristo. Gostei bastante!

Parabéns pelo Blog, estou te seguindo. Aproveite para passar em meu blog.

Vanessa. http://incondicionalamordeus.blogspot.com.br/

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.